Início » SAPATA FREIO » Sapata de Freio Informações e Função

Sapata de Freio Informações e Função

Sapata de freio informações e função. O seguimento de freios vem crescendo e evoluindo a cada vez mais, e um sistema muito conhecido chamado de “Freio a Tambor”, criado e desenvolvido por um francês no ano 1902, onde foi lançado o primeiro feio a tambor, (Drum Brake), (também chamado de panela) que consiste em varias peças em um tambor gerando atrito entre si para que ocorra a frenagem segura e confortável. As sapatas de freios fazem parte desse sistema de freio a tambor, ela é formada por uma placa metálica de fricção a base de resina, fibras sintéticas e partículas metálicas. Ela é responsável para gerar o atrito suficiente com o disco de freio para que a frenagem seja feita. As sapatas de freio entrou no seguimento de freio há muito tempo atrás, para que ajude aos automóveis a terem uma frenagem segura e confortável, e está disponível em lojas com o segmento para freios em todos os países. Oque as sapatas fazem dentro do tambor?

O freio a tambor, nada mais consiste do que um tambor (chamado ironicamente de panela), construído comumente por ferro fundido, tendo dentro dele, duas sapatas semicirculares que contém as lonas fixamente a elas. No processo de uma frenagem as lonas são empurradas pelos êmbolos do cilindro de roda, gerando o atrito suficiente para a parada do automóvel. O tambor de freio é ligado à roda, e por sua vez, gira continuamente junto com ela, no caso se o tambor diminuir a velocidade ou até mesmo parar o mesmo irá acontecer com a roda. Estudos realizados comprovam que “Duas sapatas proporcionam melhor aproveitamento do material de atrito do tambor e ainda o equilíbrio dos reforços nos apoios”. As sapatas são classificadas de dois jeitos, conforme o sentido de seu uso:

A sapata é chamada de primária quando o sentido de aplicação da força nela coincide com o sentido de rotação do tambor, com uma tendência de puxá-la contra o tambor. Isto consequentemente melhora o contato da lona com o tambor e aumentando o atrito (frenagem).

A sapata é chamada de secundária quando o sentido de aplicação da força nela é contrário ao sentido do tambor, com uma tendência de afastar-se do tambor, prejudicando o contato da lona com o tambor, reduzindo o atrito (frenagem).

VEJA MAIS SOBRE AS SAPATAS DE FREIO E SUA FUNÇÃO

  • Sapata de Freio Informações e Função

Sapata de Freio Informações e Função

DISPOSIÇÃO DAS SAPATAS DE FREIO:

Fixas:  O conjunto é fixo ao espelho.

Fixo – Simplex:  O seu uso é generalizado em veículos leves. Composto por um cilindro de roda de duplo efeito que promove a auto energização.

Fixo – Duplex:  O conjunto é munido de dois cilindros de roda de efeito simples e também desempenham a auto energização,  porém apenas para frente.

Flutuante:  As sapatas estão dispostas de maneira à sempre desempenhar a auto energização em ambas, proporcionando um desgaste mais uniforme nas duas sapatas. O curso do pedal de freio é mais longo nesse tipo de conjunto.

Auto – Energização:  Ao acionar o freio a tendência é que as sapatas girem com o tambor, o que não acontece por que elas estão fixas no espelho, porém a força com que a sapata primária é acionada se soma com a força de arrasto e o contrário ocorre na secundária, ambas força de arrasto e de acionamento se anulam fazendo com que a mesma não desempenhe o devido contato com o tambor, logo apenas a sapata primária desenvolve auto energização. (Curtiu as dicas de manutenção de sapata de freio informações e função saiba mais informações e função da sapata de freio) Curta-Nos No Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *