Início » TAMBOR FREIO » Tambor de Freio Informações e Função

Tambor de Freio Informações e Função

Tambor de freio informações e função. O sistema de freios é com certeza o sistema mais importante de um veículo, seja ele um carro ou motocicleta, visto que o fato de parar realmente requer que o sistema funcione corretamente, principalmente quando estamos rodando em alta velocidade, justamente por isso tomar alguns cuidados com o sistema de freios de seu veículo acaba sendo um fator de suma importância. Atualmente existe novos sistemas de freios, que contam com tecnologia diferenciada, garantindo uma frenagem mais limpa e que consequentemente oferece benefícios para todo o carro.

Porém mesmo com toda essa tecnologia, ainda existem alguns sistemas que são muito utilizados dentro do mercado nacional, assim como no caso do freio tambor, sendo um tipo de freio muito utilizado principalmente nas rodas traseiras dos veículos nacionais, que diferente dos freios dianteiros, não contam com pastilhas e disco, mas sim com um tambor que fica sendo responsável pela frenagem das rodas traseiras. Atualmente existem muitos modelos de freio tambor, porém todos funcionam da mesma forma, e diferente dos dianteiros que contam com pastilhas e disco, o freio tambor não necessita de tantos cuidados.

O sistema de freios realmente é de suma importância e no caso do freio tambor, o mesmo é utilizado somente na parte traseira do veículo, não tendo a mesma eficácia do freio com disco e pastilha, mas que também oferece um ótimo resultado, principalmente para manter o veículo parado no lugar. Isso acontece porque na maioria dos casos o sistema de freios traseiro é utilizado somente para manter o veículo parado, diferente do dianteiro que é utilizado durante a rodagem do veículo.

Em todo caso o sistema de freios traseiros também devem passar por uma boa avaliação, sendo uma necessidade muito comum, afinal de contas o mesmo também é um sistema mecânico e consequentemente pode oferecer alguns defeitos. Em todo caso durante a manutenção de seu veículo, faça uma questão de fazer uma avaliação de todo o seu sistema de freios.

CARACTERÍSTICA DO TAMBOR DE FREIO

  • Tambor de Freio Informações e Função

Tambor de Freio Informações e Função

DICAS E CUIDADOS COM O TAMBOR DE FREIO

  • Substitua os tambores de freio quando atingirem o diâmetro máximo permitido.
  • A retífica do tambor de freio deve ser realizada sempre nos dois tambores de um mesmo eixo; isto quer dizer que os diâmetros dos tambores de freio devem ser iguais entre si.
  • O tambor de freio suporta durante as frenagens altas temperaturas e esforços mecânicos extremos. O uso de tambor de freio com diâmetro acima do máximo permitido poderá ocasionar sérios problemas, como:
    a. Maior possibilidade de superaquecimento dos freios devido à menor quantidade de material;
    b. Menor resistência mecânica da peça, podendo ocorrer ovalização, trincas ou até mesmo a quebra total do tambor de freio;
  • Choques mecânicos como marteladas ou quedas podem causar ovalização nos tambores, provocando trepidação no pedal de freio durante a frenagem;
  • Na troca das lonas, substitua ou retifique os tambores de freio;
  • Troque sempre os tambores e as lonas de freio do mesmo eixo;
  • Lave os tambores de freio com desengraxante antes de montá-los no veículo;
  • Evite contaminar a superfície de atrito do tambor e das lonas de freio com graxa ou fluido de freio durante o manuseio, pois a presença destas impurezas reduz o atrito entre as lonas e o tambor, tornando a frenagem ineficiente;
  • Freadas contínuas ou carregamento impróprio do veículo causam o superaquecimento dos freios, comprometendo sua performance;
  • Verifique o sistema de freio a cada 5.000 km

PROBLEMAS MAIS COMUNS E SUAS CONSEQUÊNCIAS

  • Tambor de Centro Alto
    Se a altura da elevação exceder a 0,1 mm, o resultado será ajustes prematuros e um freio ineficiente.
  • Tambor Ranhurado
    A profundidade das ranhuras não deve exceder a 0,1 mm. Ranhura maior resultará em desgaste prematuro das lonas, necessidade de ajustes freqüentes, vidramento da lona ou pedal elástico.
  • Tambor Boca de Sino
    A conicidade não deve exceder a 0,2 mm no diâmetro do tambor. Conicidade acima deste limite causará pedal de freio baixo, pedal elástico ou deformação das sapatas de freio.
  • Diâmetro Excessivo do Tambor
    Diâmetro excessivo causa desgaste irregular e prematuro da lona e do tambor de freio, deformação da sapata e perda de eficiência do material de atrito.
  • Tambor Convexo
    A convexidade não pode exceder a 0,1 mm. Convexidade maior resultará em frenagem ineficiente, necessitando de freqüentes ajustes dos freios.
  • Tambor com Pontos Duros
    Pontos duros podem causar pulsação no pedal de freio, ranhuras nas lonas e frenagens inconstantes em baixas velocidades.
  • Tambor Côncavo
    A concavidade não pode exceder a 0,1 mm. Concavidade maior resultará em frenagem ineficiente, necessitando de freqüentes ajustes dos freios.
  • Tambor com Fissuras
    Fissuras podem causar desgaste prematuro da lona, ovalização do tambor de freio ou quebra total do tambor de freio. (Curtiu as dicas de manutenção de tambor de freio saiba mais informações e função do tambor de freio) Curta-Nos No Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *